3
Visualizações
Acesso aberto Revisado por pares
Editorial

Editorial

Editorial

Paulo Roberto A. Gauch

De todos os editoriais que escrevemos desde que assumimos a Reblampa em 1992, o que mais resultou em comentários foi o publicado na Edição 11.1. Certamente foi o tema abordado, a morte do Dr. Décio Kormann, o que suscitou tal reação. As comunicações recebidas demonstraram o sentimento de perda e a impossibitidade de substituição, a curto prazo, de um líder com as suas características. Resta-nos canalizar nossos esforços para consolidar suas conquistas no âmbito da especialidade.

Estivemos, junto com um grupo de colegas brasileiros, no Congresso da Sociedade Norte-Americana de Marcapasso e Eletrofisiologia (Naspe), realizado no último mês de maio em San Diego, Califórnia. Entre os temas abordados, o tratamento elétrico da insuficiência cardíaca foi, sem dúvida, o que mais despertou interesse. A impressão que tivemos foi de que esse tema trará grandes novidades em um futuro próximo, o que foi demonstrado pelo empenho dos fabricantes em solucionar este problema. Inúmeros pacientes com insuficiência cardíaca poderão beneficiar-se dessa nova tecnologia, e como se trata de um contingente bastante superior ao dos bradicárdicos, compreende-se o interesse dos investimentos em pesquisa nessa área. Alguns protocolos já apresentam bons resultados, o que vem a incentivar a criação de novas abordagens no tratamento elétrico da patologia.

Entre os dias 05 e 08 de agosto será realizado em Porto Alegre - RS, o XV Congresso Brasileiro de Arritmias Cardíacas, evento máximo do Departamento de Arritmia e Eletrofisiologia Clínica (Daec) da Sociedade Brasileira de Cardiologia. A Presidência deste evento está a cargo do Dr. Cídio Halperin, a quem desejamos sucesso.

No último Congresso Brasileiro de Cirurgia Cardíaca da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV), realizado em São Paulo em março último, foi eleita a nova Diretoria do Departamento de Estimulação Cardíaca Artificial (Deca) que ficou assim composta:

Presidente:
Paulo de Tarso Jorge Medeiros

Vice-Presidente:
Fernando Antonio Lucchese

Tesoureiro:
Arnaldo Duarte Lourenço

Secretario:
Vicente Ávila Neto

Conselho Deliberativo:
Helio Lima de Brito Júnior
Oswaldo Tadeu Greco
Roberto Tomikazu Takeda
Rubens Tofano de Barros
Silas dos Santos Galvão Filho

Editor da Reblampa:
Paulo Roberto de Almeida Gauch

Coordenador do RBM:
Roberto Costa

Diretor Científico:
José Carlos Silva de Andrade


Na ocasião fomos reeleitos para um período de mais 2 anos como Editor da Reblampa. Como já dissemos em edições anteriores, viabilizar uma Revista com as características da Reblampa depende de vários fatores, dentre os quais os mais importantes são a manutenção da periodicidade e a melhoria constante da qualidade de artigos publicados. Estes têm sido nossos objetivos ao longo dos últimos 6 anos e vários triunfos já foram conquistados. Temos a certeza que os artigos publicados representam uma boa parcela de nossa produção nacional. Da mesma forma, tem sido mantida a periodicidade da Revista, sem qualquer atraso na sua distribuição.

A Reblampa alcançou mais um objetivo e passou a ser distribuída também para mais de uma dezena de bibliotecas nos Estados Unidos e para cerca de 350 colegas espanhóis, de modo que mais de 1.200 de seus exemplares encontram seu destino fora do território nacional. Desta maneira, a Reblampa aumenta o número de seus leitores, firmando-se cada vez mais como a única Revista publicada em língua latina, especializada nos temas de arritmia e marcapasso cardíaco, a ter distribuição internacional.


Paulo Roberto A. Gauch
Editor

© Todos os Direitos Reservados 2019 - Departamento de Estimulação Cardíaca Artificial da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular