7
Visualizações
Acesso aberto Revisado por pares
Editorial

O DECA e seus associados

O DECA e seus associados

Wilson Lopes Pereira


Wilson Lopes Pereira
Presidente do DECA


Colegas,

Sempre que retorno de congressos no exterior, sinto enorme satisfação ao constatar a qualidade da estimulação cardíaca brasileira. E não poderia ser diferente, dado o investimento do DECA no desenvolvimento da área.

Nesses 25 anos, o DECA projetou-se internacionalmente com alguns exemplos: O Museu do Marcapasso, o Registro Brasileiro de Marcapassos, Desfibriladores e Ressincronizadores (RBM), os Programas de Atualização Profissional e, é claro, a Relampa.

Todo esse sucesso apoia-se em um ponto forte: a presença do associado. Sim, você, associado do DECA, que participa de nossos eventos, apresenta sugestões, preenche o RBM, publica seu trabalho em nossa Revista e escolhe nosso caminho.

Agora é hora de buscar a valorização que merecemos lutando por honorários dignos e assistência governamental mais justa para todos que necessitam de dispositivos cardíacos implantáveis no Brasil.

Precisamos refletir sobre como evoluiremos no campo da ressincronização cardíaca artificial e para aonde vamos, esperando continuar crescendo de modo sólido, mantendo o DECA dignamente representativo. Para isso precisamos da participação de todos!

Boa leitura!

© Todos os Direitos Reservados 2019 - Departamento de Estimulação Cardíaca Artificial da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular