6
Visualizações
Acesso aberto Revisado por pares
Atualização

Guia de consulta sobre cardioversores-desfibriladores implantáveis 2014

Paulo Roberto de Almeida Gauch

O objetivo destas tabelas é fornecer um guia de consulta rápida sobre os principais parâmetros dos cardioversores-desfibriladores implantáveis comercializados no Brasil. Os dados que compõem a tabela foram fornecidos e revisados pelos fabricantes e/ou representantes dos geradores de pulsos e cabos-eletrodos. Foi necessário o uso de abreviaturas para uma melhor composição gráfica dos dados.


ÍNDICE DE ABREVIATURAS

A - Átrio
AV - Atrioventricular
Bás - Básica
Bi - Bipolar
BIF - Bifurcado
BOL - Início de vida
Câm. - Câmara
(E) - Endocárdico
ERI - Indicativo de troca eletiva e em muitos modelos aparece como EOL (fim de vida)
freq. - Frequência
interv. - Intervalo
IS-1 - Refere-se ao padrão internacional de 3,2 mm
Larg. - Largura
(M) - Miocárdico
mag. - Magnética
mm - Milímetro
ms - Milisegundos
NA - Não se aplica
OMNI - 5 mm Cordis/Medtronic 3,2 mm In Line/IS-1
ppm - Pulsos por minuto
prog. - Programação
Red. - Redução
Uni - Unipolar
Uni/Bi - Polaridade programável
V - Ventrículo
ventr. - Ventrículo
DF-1 - 3,2 mm
VS-1 - Refere-se ao "Voluntary Standard"de 3,2 mm
VS-1A - Compatível com 3.2 tipo Cordis e o IS-1
VS-1B - Refere-se ao "3,2 mm baixo perfil com pino longo", tipo Medtronic
Cordis - Refere-se ao 3,2 mm tipo Cordis
SJ-4 - Conector em linha IS-4/DF-4
SJ-4LLLL - Conector em linha IS-4 indicando 4 conectores de baixa voltagem
SJ-4LLHH - Conector em linha IS-4 indicando 2 conectores de baixa voltagem e 2 de alta voltagem


CÓD. NBG/NBD

  • 1ª letra - câmara estimulada:
  • A = Átrio
    V = Ventrículo
    D = Duas câmaras (A e V)
    S = Câmara única (A ou V)
  • 2ª letra - câmara sentida:
  • A = Átrio
    V = Ventrículo
    D = Duas câmaras (A e V)
    O = Nenhuma câmara
    S = Câmara única (A ou V)
  • 3ª letra - modo de funcionamento:
  • O = Frequência fixa, assincrônico
    I = Inibido, demanda
    T = Deflagrado
    D = Inibido e/ou deflagrado
    E = Eletrograma
    H = Hemodinâmica
  • 4ª letra - parâmetro programável:
  • O = Não programável
    P = Programável
    M = Multiprogramável/telemetria unidirecional
    C = Multiprogramável/telemetria bidirecional
    R = Multiprogramável/dotado de biosensor
    A = Átrio
    V = Ventrículo
    D = Duas câmaras (A e V)
  • 5ª letra - funções antitaquicárdicas:
  • O = Sem função
    P = Pulsos antitaquicárdicos
    S = Desfibrilador implantável
    D = Dupla função (P + S)































    Membro especialista do Departamento de Estimulação Cardíaca Artificial (Deca)

    Correspondência:
    Rua Beira Rio, 45 - cj. 73
    CEP: 04548-050 - São Paulo - SP - Brasil
    Endereço eletrônico: marcapasso@deca.org.br

    © Todos os Direitos Reservados 2019 - Departamento de Estimulação Cardíaca Artificial da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular