RELAMPA
Indexada no Index Medicus Latino Americano e na
Base de Dados LILACS
SGP
 
   Português Inglês Inglês
Cancelar recebimento









Relato de Caso Páginas 167 a 170

Sucesso na remoção percutânea de cabos-eletrodos endocárdicos implantados há 18 anos utilizando ferramentas de extração

Autores: Lincoln José da Silva Júnior1; Marcel Fernando Silva Carvalho2; Juan Carlos Pachón Mateos3; Remy Nelson Albornoz Vargas4

PDF

Descritores: Extração; Cabo-Eletrodo; Infecção.

RESUMO:
Infecções relacionadas aos dispositivos eletrônicos cardíacos exigem sua completa remoção, sendo necessário o conhecimento das técnicas percutâneas de extração de cabos-eletrodos, evitando-se, assim, a cirurgia cardíaca com esternotomia e bypass cardiopulmonar. Apresentamos o caso de paciente do sexo feminino, com 23 anos de idade, portadora de bloqueio atrioventricular total congênito e marcapasso definitivo implantado há 18 anos, que evoluiu com infecção de loja relacionada a cirurgia recente. A paciente foi submetida a extração de cabos-eletrodos por meio de técnicas percutâneas, com sucesso, e recebeu implante de novo sistema à direita. A extração percutânea de cabos-eletrodos ainda é considerada um procedimento de alto risco, com significativas taxas de morbidade e mortalidade. Entre suas complicações, destacam-se: morte, lesão de grandes vasos, perfuração atrial, avulsão de estruturas cardíacas, lesão de valvas cardíacas, e embolização sistêmica. Embora o sucesso da extração de cabos-eletrodos seja dependente da experiência do médico e da disponibilidade de equipamentos adequados, também é especialmente dependente do tempo de implante dos cabos-eletrodos. A extração de cabos-eletrodos por abordagem percutânea pode ser realizada com segurança e eficácia quando utilizados material adequado e equipe treinada.

R E L A M P A
Copyright 2018 DECA Departamento de Estimulação Cardíaca Artificial da SBCCV GN1
RELAMPA